Brasil apresenta baixa taxa de ad blockers

Brasil apresenta baixa taxa de ad blockers

Ouso de bloqueadores de anúncios, os ad blockers, pelos internautas brasileiros está em 21% nos centros urbanos, de acordo com os dados levantados pelo Instituto Reuters para o Estudo do Jornalismo da Universidade de Oxford. Os dados do Digital News Report 2016 mostram que o país apresenta uma das menores taxas, ocupando o 19o lugar entre os 26 países estudados.

Esse dado ainda deve ser menor, uma vez que o estudo só analisou o “Brasil urbano”, regiões com maior acesso à internet, diferentemente de outros países, que foram analisados na sua totalidade.

Alguns portais de jornalismo já estão tomando medidas para incentivar os leitores a desativarem o recurso e liberarem os anúncios, uma das principais fontes de renda atualmente. O site da Folha de S.Paulo não permite que não assinantes acessem o conteúdo com o recurso ligado.

O estudo da Oxford também apontou que o Brasil mostra uma das maiores proporções de internautas que pagam pelo acesso às notícias, 22%, ocupando o 3olugar dentre os países. Segundo as informações do estudo, “num ano em que os escândalos e os números fracos da economia tomaram as manchetes, a confiança nas notícias se manteve alta”, em 58%, ocupando, novamente, o terceiro lugar.

Fonte: http://www.proxxima.com.br

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Preciso potencializar minhas vendas!