Google tag manager – o que é e como utilizar essa ferramenta?

Google tag manager – o que é e como utilizar essa ferramenta?

Primeiro, O Google Tag Manager foi feito para descomplicar, para acelerar o processo de instalação do código, sem que seja preciso um especialista. Então, esse é um ponto positivo para você.

Todas as pessoas que precisam acompanhar as suas métricas, seja diretamente no Analytics ou nas campanhas de Links Patrocinados, tem no Tag Manager um aliado.

Por isso, se você se encaixa nessas necessidades e não sabe ainda como utilizá-lo ou, ainda, nem sabe do que se trata, esse conteúdo é para você.

Vamos descomplicar o Google Tag Manager. Vem!

Google Tag Manager – O que é?

Pode ser que nesse momento você esteja se perguntando o que é o Google Tag Manager. Ou já deve ter uma certa noção, devido ao que conversamos até aqui.

Para evitar confusões, nós vamos explicar de modo bastante simples e claro, assim também há um maior aproveitamento desse conteúdo.

Bem, como você já deve imaginar, esta é uma ferramenta desenvolvida pela Google.

A principal função da ferramenta é facilitar o gerenciamento das tags que monitoram os sites e páginas na internet.

As tags servem para te dizer, por exemplo, como o seu tráfego se comporta em seu site, além de outras coisas importantes, como de onde ele vem.

O Google Tag Manager foi apresentado ao público por volta de 2012. Ele veio para eliminar a necessidade de inserir uma enorme quantidade de códigos fonte manualmente.

Basicamente, a ideia do Google mudou esse setor de forma positiva, facilitando e agilizando a “instalação” do código de monitoramento. Substituindo diversos códigos por apenas um script.

Por meio de ações simples, você pode incluir outras coisas sem ter que conhecer profundamente os códigos, porque não é necessário mais ficar acessando o seu servidor.

Como eu Faço Para Usar o Google Tag Manager?

Agora que você sabe clara e perfeitamente do que se trata a ferramenta, talvez, a sua dúvida seja o que é preciso fazer para utilizá-lo. Certo?

Não se preocupe, é tudo muito prático e nós vamos lhe explicar de modo bastante simples.

Para começar, vá até o site oficial e se inscreva, criando a sua conta. É algo bem rápido. Caso você tenha já uma conta no Google Analytics, as coisas se tornam ainda mais simples e ágil.

Criou a conta? Então chegou a hora de logar. Coloque o seu nome ou o do seu negócio e vá para o próximo passo.

Uma dica importante: Leia com atenção e sem pressa o termo de serviços da ferramenta. Isso te ajudará a não ter surpresas desagradáveis no futuro e ainda lhe entregará uma maior noção sobre como tudo funciona.

Leu tudo? Então prossiga e então na sua tela irá aparecer um código. Este é o Script que deverá ser copiado e colado depois da tag de abertura da página que você quer monitorar ou do site.

Lembra que falamos sobre a função principal de monitorar o tráfego? De saber como o seu público se comporta nas suas páginas? Para isso acontecer, é necessário ter o Analytics instalado.

Vem, que a gente te explica como fazer esse procedimento.

Como preparar o Tag Manager no Analytics?

Para fazer com que o Analytics funcione em parceria com o Tag Manager é muito simples.

Vá até o menu da ferramenta da Google e procure o botão “tags”, ao clicar, você verá que a opção “new” estará entre as opções exibidas. Clique nela.

A facilidade está no fato de o Google Analytics já ser preparado para receber a tag, então basta escolher dentre as opções apresentadas a ferramenta de monitoramento, o Analytics.

Ao escolher, você precisará informar dentro do Tag Manager o seu ID do domínio ao qual você quer monitorar. Esse ID de domínio você encontra dentro da sua conta do Google Analytics.

Claro, você pode querer monitorar páginas específicas para descobrir algo em especial, então, analise quais são as páginas mais interessantes para inserir a tag.

Caso queira monitorar tudo, a única coisa que será preciso fazer é selecionar a opção “todas as páginas”. Para começar a funcionar, basta selecionar “publicar”.

Está feito!

Obviamente, há maneiras mais avançadas de utilizar essa ferramenta tão poderosa que pode lhe entregar resultados incríveis.

Só que este é um assunto para uma segunda fase desse conteúdo, quando você já estiver mais familiarizado com o Google Tag Manager.

Teste bastante, faça modificações, veja se está tudo funcionando perfeitamente. Colha as métricas e aproveite todas as possibilidades oferecidas.

Fonte: http://mestredoadwords.com.br

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Preciso potencializar minhas vendas!