Anunciar no Google ficou mais caro – Fraude cai, preço sobe, diz Google.

Anunciar no Google ficou mais caro – Fraude cai, preço sobe, diz Google.

Anunciar no Google ficou mais caro

Inventário de verdade deve custar mais caro que inventário fraudulento? Sem dúvida. O ideal seria que não houvesse o desvio da fraude. No meio da nossa história e todo inventário então custaria o que deveria custar e ponto.

A subida de preço sendo decorrência de um desvio fraudulento da indústria parece um preço que não deveríamos pagar, mas me parece justo que, infelizmente ou não, assim seja.

Google aderiu ao standard do IAB, chamado Ads.txt. O Ads.txt é uma autorização chancelada pelo publisher de que aquele parceiro tem sua permissão oficial para intermediar uma negociação online de mídia. Isso deverá, em tese, inibir a ação de intermediários danosos ao anunciar no Google.

Para os publishers, essa é obviamente uma excelente notícia. Para os anunciantes também, mesmo que tenham que resultar pagando mais para anunciar no Google, no final das contas.

A verdade é que, como exaustivamente já se comentou mídia afora, entre 70% e 80% do investimento online em advertising vem se perdendo no meio do caminho entre intermediários fraudulentos, robôs e toda série de achaques digitais que o mundo programático, infelizmente, acabou por gerar.

Agora ao menos, o valor pago tende a entregar o que custa.

Este é, espera-se, o começo do fim de um loop errado, a eliminação de uma chicane equivocada da história da indiscutivelmente eficiente publicidade digital.

Matéria completa:
www.proxxima.com.br/home/proxxima/blog-do-pyr/2017/12/01/fraude-cai-preco-sobe-diz-google.html
O conteúdo publicado aqui é espelhado de um conteúdo original que pode ser visualizado no link acima.

 

 

Fechar Menu
Como podemos ajudar ?