Como planejar a comunicação?

Como planejar a comunicação?

De todos os processos que integram a atuação dos profissionais de comunicação no mercado empresarial, é apenas por meio da criação de planos – concisos e bem estruturados – que as ideias alcançam os públicos prioritários. Além disso, criam estratégias mensuráveis para atingir os objetivos estratégicos e de marketing, com etapas bem definidas, custos estimados e demandas previamente conhecidas.

É durante o planejamento da comunicação corporativa que estruturamos o posicionamento da empresa com base em sua proposta de valor, definindo os principais objetivos da organização e as estratégias mais efetivas para alcançá-los. Em complemento, a análise das ferramentas disponíveis aponta como as ideias podem ser viabilizadas e os resultados otimizados.

A definição do público-alvo e a forma como a empresa irá se comunicar com ele – escolha dos melhores canais e do discurso utilizado – promove uma abordagem mais eficaz do cliente. É possível identificar qual é a percepção do público sobre a sua marca, gerando indicadores relevantes para o alinhamento institucional e produção de conteúdos. Todas essas etapas fazem parte do processo de criação do plano, ressaltando o quanto ele se tornou indispensável aos negócios.

PLANO DE COMUNICAÇÃO EM 7 PASSOS, FAÇA JÁ O SEU!

Como falamos, é ao longo do planejamento de comunicação que são estruturados os objetivos estratégicos de uma organização, seus públicos prioritários e a forma como todo o processo de abordagem e sensibilização são definidos. Sendo assim, aos interessados em criar um plano de comunicação, preparamos um roteiro em 7 etapas principais que ajudam a estruturar as ideias e colocá-las em prática!

1) Identifique a estratégia de negócio da empresa

Antes de tudo, é preciso mapear a estratégia de negócio da empresa e seus principais objetivos globais para saber aonde ela quer chegar no curto, médio e longo prazo. Isso é fundamental, logo que o plano de comunicação estará diretamente alinhado à eles. Também é importante fazer uma pesquisa inicial sobre o mercado no qual está inserido, seus concorrentes, consumidores, e todos os segmentos que podem influenciar – positiva e negativamente – em seu negócio, criando uma perspectiva inicial sobre os componentes do plano.

2) Analise as práticas do seu público e da sua concorrência

Após identificar qual é seu público e quais concorrentes representam uma ameaça, direta ou indireta, para seus produtos ou serviços, é necessário estudar com maior profundidade seus padrões de comportamento. Nesta etapa, investigue as estratégias de marketing e vendas da sua concorrência, veja como ela se posiciona no mercado e de que maneira isso pode afetar seus negócios. Exercite o benchmarking. Quanto aos consumidores, entenda quais são as suas necessidades, padrões de consumo e preferências, isso permite criar serviços e mensagens personalizadas, cada vez mais efetivas.

3) Faça o diagnóstico dos canais de comunicação e marketing

Identifique quais canais de comunicação seu público mais utiliza e que fatores tornam a experiência de interação mais atraente. É preciso descobrir como ele se comporta nas redes sociais e que mídias trazem maior retorno para a empresa. Teste e monitore diferentes abordagens para identificar aquelas que trazem melhores resultados, tanto de reputação, quanto de conversão.

4) Defina os principais objetivos e estratégias adotadas

Em vista de todas as informações coletadas nas etapas anteriores, este é o momento de definir os objetivos do plano. Avalie, com base nos seus recursos e possibilidades, de que maneira o trabalho de comunicação corporativa pode contribuir para o crescimento da empresa, atraindo pessoas para a marca, gerando vendas, ou fidelizando consumidores. Com os objetivos definidos, pense em como eles podem ser viabilizados e trace suas estratégias.

5) Crie um plano de ação e formas de mensurar os resultados

O plano de ação, parte tática do planejamento, é onde são definidas todas as atividades que serão realizadas para viabilizar o objetivo geral. É preciso apontar a dinâmica de cada ação, os recursos necessários para sua realização, quem serão os responsáveis e como cada um contribui para o sucesso do plano. Quanto aos indicadores de resultado, defina métricas capazes de apontar se o plano está se desenvolvendo como planejado e alcançando os resultados esperados.

6) Elabore um orçamento

Para que o plano de ações seja colocado em prática, é preciso avaliar se os recursos necessários estão disponíveis. Sendo assim, elabore um orçamento detalhando todos os investimentos necessários para cada ação e crie orçamentos alternativos. É preciso estar preparado para fazer adequações.

7) Prepare um cronograma para execução das ações

Mais do que criar um bom plano de comunicação, é preciso colocar as ações em prática. Crie um calendário, geralmente com um ano de duração, e disponha as ações em cascata, de forma que uma complemente a outra. Pense, com base na sua empresa, qual é a melhor forma de aplicar suas ideias e como erros podem ser corrigidos ao longo do processo.

Ainda que o planejamento seja fundamental, a etapa mais importante do plano é colocá-lo em prática. Siga rigorosamente tudo que foi proposto e esteja preparado para os imprevistos, eles fazem parte da realidade corporativa. Boa sorte!

Fonte: http://digital.comunique-se.com.br

 

 

Fechar Menu
Como podemos ajudar ?